Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



...

por neruska, em 05.03.13

Dois artigos importantes

 

Sou leiga em economia, mas acho que consigo perceber o essencial do que estes senhores estão a falar e encontro-lhe uma racionalidade muito imediata. Mesmo estando na esfera de uma ciência muito pouco exata, se calhar seria avisado escutá-los.

http://www.project-syndicate.org/commentary/listening-to-european-voters--rejection-of-austerity-by-joseph-e--stiglitz

http://krugman.blogs.nytimes.com/2013/03/04/cockroaches-at-the-european-commission/?smid=tw-NytimesKrugman&seid=auto

Mas, como dizia um amigo que me chamou à atenção para estes artigos, são leituras que demoram mais do que a disponibilidade mental que é exigido por uma parangona e, por isso, não ecoam na opinião pública.

Eu sei: a lista de coisas a fazer é extensa, estamos todos cansados, é mais fácil ligar a televisão e ver uma série e, principalmente, a sobrevivência do dia-a-dia retira-nos a capacidade e a paciência para ler grandes coisas. Eu sei.

Mas era importante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:57



3 comentários

De Fernando Pereira a 06.03.2013 às 11:51

Tem toda a razão! De facto a penosa vivencia do dia-a-dia deixa-nos pouco tempo para leituras mais profundas. Ainda assim, gostaria de sugerir este artigo de Paul Krugman, "Keynes was wright" que traça um amplo diagnóstico da atual crise europeia.
http://www.nytimes.com/2011/12/30/opinion/keynes-was-right.html?_r=0
(terá que copiar e colar o link no seu browser, porque inexplicavelmente não ficou com a hiperligação).

De Fernando Pereira a 06.03.2013 às 12:18

Onde se lê "Keynes was wright" deve ler-se "Keynes was right"

De neruska a 11.03.2013 às 13:05

Caro Fernando Pereira,

Obrigada pela referência a esse outro texto de Paul Krugman. O facto de o mesmo datar de Dezembro de 2011 só revela como os poderes instituídos têm estado surdos a todos os avisos.

Comentar post





Filibuster, subs.

1. Utilização de tácticas de obstrução, tais como o uso prolongado da palavra, por membros de uma assembleia legislativa de forma a impedir a adopção de medidas ou a forçar uma decisão, através de meios que não violam tecnicamente os procedimentos devidos;

Filibuster, noun
1. The use of obstructive tactics, such as prolonged speaking, by a member of a legislative assembly to prevent the adoption of measure or to force a decision, in a way that does not technically contravene the required procedures;

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Comentários recentes




Arquivos

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D